Julgamentos
Você sabe o que está acontecendo?
.

É natural no ser humano julgar o outro, os outros e os fatos de que você toma conhecimento.
Mas…
Você conhece, realmente, o que aconteceu?
.
Julgamentos
.
Na maioria das vezes o julgador procura avaliar os fatos pela sua ótica, pela informação que ele recebeu, mas…
esta informação é a real?
ele, o julgador, sabe o que realmente ocorreu?
sabe de todos os fatores envolvidos?
.

Julgamentos – esta informação é a real?
.
É importante, se você tem este hábito, buscar a se corrigir e se defender de si mesmo, desse hábito nocivo, pois é importante você entender que se você tem apenas uma versão dos fatos, abstenha-se de julgar, pois o fato real pode ser muito diferente daquilo que você está pensando que é real.
.
 
Julgamentos
ele, o julgador, sabe o que realmente ocorreu?
.
Na maioria das vezes a pessoa que conta o fato diz mais do que ela imagina, do que realmente sabe, ou complementa com dados que não de sua cabeça e inexistiram no fato real.
.
Julgamentos
sabe de todos os fatores envolvidos?
.
Os fatos, normalmente, são compostos por muitos fatores que o julgador desconhece e, cada um desses fatores são de grande relevância para o conjunto da obra, portanto, para julgar, tem que conhecer em profundidade todos os fatores envolvidos no caso.
.
 Julgamentos – você conhece?
.
Se você desconhece todos os fatos envolvidos no caso que você quer julgar ou comentá-los, é melhor abster-se, pois perante as Leis maiores sua ação em comentar o fato pode ser bem pior  que o fato que você está julgando.
.
Julgamentos – Concluindo
.
Ame-se a si mesmo.
Julgue menos aos outros.
Evite comentar fatos sem se inteirar do que realmente ocorreu.
Ore mais pelos que caluniam e pelos que são caluniados.
Trabalhe mais pela sua reforma íntima e busque ser um ser humano de bem que está edificando em si mesmo a luzes de um mundo mais justo.
.
 Julgamentos – Qual de nós pode julgar?
.
Qual de nós pode julgar?

.
Não julgueis, para que não sejais julgados, porque com o juízo com que julgardes sereis julgados, e com a medida com que tiverdes medido vos hão de medir a vós.

E por que reparas tu no argueiro que está no olho do teu irmão e não vês a trave que está no teu olho? Ou como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o argueiro do teu olho, estando
uma trave no teu?

Hipócrita, tira primeiro a trave do teu olho e, então, cuidarás em tirar o argueiro do olho do teu irmão.

Não deis aos cães as coisas santas, nem deiteis aos porcos as vossas pérolas; para que não as pisem e, voltando-se, vos despedacem.

Pedi, e dar-se-vos-á; buscai e encontrareis; batei, e abrir-se-vos-á. Porque aquele que pede recebe; e o que busca encontra; e, ao que bate, se abre. E qual dentre vós é o homem que, pedindo-lhe pão o seu filho, lhe dará uma pedra? E, pedindo-lhe peixe, lhe dará uma serpente? Se, vós, pois, sendo maus, sabeis dar boas coisas aos vossos filhos, quanto mais vosso Pai, que está nos céus, dará bens aos que lhe pedirem?

Portanto, tudo o que vós quereis que os homens vos façam, fazei-lho também vós, porque esta é a lei e os profetas.

Entrai pela porta estreita, porque larga é a porta, e espaçoso, o caminho
que conduz à perdição, e muitos são os que entram por ela; E porque estreita é a porta, e apertado, o caminho que leva à vida, e poucos há que a encontrem. Jesus (Mateus 7; 1 a 14)

.
Voltar:
https://www.kardeceespiritismo.com.br/mensagens/

.
Curso de Homeopatia
http://www.csterapias.com.br/index.php/cursos/ – Curso de Homeopatia
.

Visite-nos:
www.kardeceespiritismo.com.br
www.csterapias.com.br – Visite-nos e conheça a Homeopatia.
.

Julgamentos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

43 − 39 =