Mecanismo da Mediunidade
22
Mediunidade curativa 
22
Mediunidade curativa 
Original Comentários
       MENTE E PSICOSSOMA — Compreendendo-se o envoltório psicossomático por templo da alma, estruturado em bilhões de células a se caracterizarem por atividade incessante, é natural imaginemos cada centro de força e cada órgão por departamentos de trabalho, interdependentes entre si, não obstante o caráter autônomo atribuível a cada um. MENTE E PSICOSSOMA — Compreendendo-se o envoltório psicossomático, isto é, corpos sutis e físico, por templo da alma, estruturado em bilhões de células, pois e física a se caracterizarem por atividade incessante, é natural imaginemos cada chakra e cada órgão por departamentos de trabalho, interdependentes entre si, não obstante o caráter autônomo atribuível a cada um. Como podemos ver em um computador, cada placa depende de outra e, temos dentro de cada placa os circuitos integrados e os mais diversos componentes todos funcionando de forma solidária e, muitos deles, dependem de uma realimentação, ou seja, a saída realimenta a entrada, dando ao circuito de entrada um referencial do que foi feito para que seja mantido ou modificado o processamento do sinal.

Assim também ocorre em todo o nosso organismo, pois recebemos os mais diversos sinais mentoemocionais, advindos do meio onde vivemos, do cosmo, da oxidação advinda da respiração e das reações químicas  do processo digestivo, mais as reações produzidas pelos nossos padrões sentimentais, emocionais e mentais.

Todos estes sinais serão processados a partir do referencial dado pela centelha divina presente na consciência em sintonia com o que ela pode perceber e entender das Leis de Deus.

Portanto, a evolução se processa de acordo com as possibilidades da consciência em captar, processar e executar os comandos divinos presentes no fluído cósmico. Assim, o Espírito será tão mais evoluído quanto mais intenso for este processamento.

       Semelhantes peças, no entanto, obedecem ao comando mental, sediado no cérebro, que lhes mantém a coesão e o equilíbrio, por intermédio das oscilações inestancáveis do pensamento. Semelhantes peças, no entanto, obedecem ao comando conscienciológico, referenciado nas reações sentimentais, emocionais, mentais e físicas, sediado na estrutura cerebral fisiopsíquica e na alimentação recebida pelo 7º chakra. Todo este processo gera estímulos psicoquímicos que mantém a coesão e o equilíbrio proporcional dos corpos sutis e físico e terá como resultado o somatório do que recebeu, processou e emitiupor intermédio das oscilações inestancáveis do pensamento.
       Temos, assim, as variadas províncias celulares sofrendo o impacto constante das radiações mentais, a lhes absorverem os princípios de ação e reação desse ou daquele teor, pelos quais os processos da saúde e da enfermidade, da harmonia e da desarmonia são associados e desassociados, conforme a direção que lhes imprima a vontade. Assim, temos as variadas províncias celulares sofrendo o impacto constante das radiações sentimentais, emocionais, mentais e físicas, a lhes absorverem os princípios de ação e reação deste ou daquele teor, pelos quais os processos da enfermidade e da saúde, da desarmonia e da harmonia são desassociados e associados, conforme a direção que lhes imprima as ações: física e metafísica, associadas à vontade.
       Naturalmente não podemos esquecer que o alimento comum garante a subsistência do corpo físico, através da permuta contínua de substâncias com a incessante transformação de energia, e isso acontece porque a força mental conjuga substância e energia na produção dos recursos de apoio à existência e dos elementos reguladores do metabolismo. Naturalmente não podemos esquecer que o alimento físico comum e a respiração associados à absorção de energias prânicas, garantem a subsistência do corpo físico e sua estrutura psíquica, através da permuta contínua de substâncias fisiopsíquica com a incessante transformação de energia, e isso acontece porque a força concienciológica, constituída pelas energias sentimentais, emocionais, mentais e físicas, conjuga substâncias e energias na produção dos recursos de apoio à existência e dos elementos reguladores do metabolismo.
Além desses fatores, cabe-nos contar com os fatores mentais para a sustentação de todos os agentes da vida, que se fará dessa ou daquela forma, segundo a qualidade desses mesmos ingredientes. Reforçamos aqui a importância dos fatores conscienciológicos, representados pela soma dos fatores sentimentais, emocionais, mentais e físicos para a sustentação de todos os agentes da vida, que se fará dessa ou daquela forma, segundo a qualidade desses mesmos ingredientes produzido pelo Espírito encarnado e desencarnado, isto é, em qualquer plano da vida.
Conforme a integridade desses princípios, resultará a integridade do poder mecânico da mente para a formação dos anticorpos na intimidade das forças componentes do sistema sanguíneo. Quanto melhor a sintonia com as Leis Divinas, melhor a integridade desses princípios, resultando em melhor qualidade do poder mecânico da estrutura fisiopsíquica para a formação dos anticorpos na intimidade das forças componentes do sistema sanguíneo e energético.
SANGUE E FLUIDOTERAPIA — Salientando-se que o sistema hemático no corpo físico representa o conjunto das energias circulantes no corpo espiritual ou psicossoma, energias essas tomadas em princípio pela mente, através da respiração, ao reservatório incomensurável do fluido cósmico, e para ele que nos compete voltar a atenção, no estudo de qualquer processo fluidoterápico de tratamento ou de cura. SANGUE E FLUIDOTERAPIA — O sangue em todas as religiões teve algum tipo de mística em torno dele e da salvação pelo sangue. Logicamente, que estas ideias tiveram uma motivação de ser, mas a Doutrina Espírita nos revela “uma outra face do sangue”, a de ser um instrumento de ligação entre os corpos sutis e físico.

Então, podemos entender que o sistema sanguíneo representa a soma das energias que circulam no corpo físico e no perispírito. Estas energias são tomadas a princípio pela mente, através do 7º chakra e através da respiração, ambas a buscam no reservatório incomensurável do fluído cósmico.

Baseado na importância do sangue e no que ele representa para a vida, devemos dedicar a ele a nossa atenção e vigiar o que nos permitimos ingerir física e mentalmente, pois no estudo de qualquer processo fluidoterápico de tratamento ou de cura a qualidade do sangue reflete a qualidade de como pensamos e de como nos alimentamos tanto física quando mentalmente.

Sendo assim, a melhora ou a cura de qualquer mal, depende de um conjunto de fatores inerentes a cada ser e o modo com que vivencia mentoemocionalmente as situações da vida.

Desta forma, podemos entender que só existirá cura de um mal físico se for corrigido o padrão mentoemocional destoante das orientações divinas, pois as nossas reações mentoemocionais definem o nível de impurezas absorvidas junto com o fluido cósmico absorvido.

Relacionados com os centros psicossomáticos, os variados núcleos da vida sanguínea produzem as grandes coletividades corpusculares das hemácias, dos leucócitos, trombócitos, macrófagos, linfócitos, histiócitos, plasmócitos, monócitos e outras unidades a se dividirem, inteligentemente, em famílias numerosas, movimentando-se em trabalho constante, desde os fulcros geratrizes do baço e da medula óssea, do fígado e dos gânglios, até o âmago dos órgãos. Os variados núcleos da vida sanguínea, que estão relacionados com os chakras,  pois estes, os chakras, são componentes metafísicos importantes na  produção das grandes coletividades corpusculares das hemácias, dos leucócitos, trombócitos, macrófagos, linfócitos, histiócitos, plasmócitos, monócitos e outras unidades a se dividirem, inteligentemente, em famílias numerosas, movimentando-se em trabalho constante, desde os fulcros geradores do baço e da medula óssea, do fígado e dos gânglios, até o âmago dos órgãos gerenciados pela mente. Portanto, se a mente está em conflito, os mecanismos de defesas serão proporcionalmente afetados.
Fácil entender que todo desregramento de natureza física ou moral faz-se refletir, de imediato, por reações mentais consequentes, sobre as províncias celulares, determinando situações favoráveis ou desfavoráveis ao equilíbrio orgânico. Diante destes dados, fica mais fácil entendermos que todo desregramento de natureza física ou moral faz-se refletir, de imediato, por reações mentoemocionais que afetarão os órgãos correlacionados com  consequentes sequelas sobre as províncias celulares destes. Isto determina as situações favoráveis ou desfavoráveis ao equilíbrio orgânico, de acordo com o somatório transcendente dos cálculos diferenciais e integrais da contabilidade divina processada na consciência.
O pensamento é a força que, devidamente orientada, no sentido de garantir o nível das entidades celulares no reino fisiológico, lhes facilita a migração ou lhes acelera a mobilidade para certos efeitos de preservação ou defensiva, seja na improvisação de elementos combativos e imunológicos ou na impugnação aos processos patogênicos, com a intervenção da consciência profunda. O pensamento é a força a ser devidamente orientada ao Bem e à sintonia com as forças que representam os servidores do Amor, em nome do Senhor, desta forma, ele canalizará forças pacificadoras  que garantirão em nível adequado as entidades celulares mantenedoras da vida no reino fisiológico de cada ser.

O pensamento, devidamente disciplinado, facilita a migração, acelera a mobilidade e a criação agentes de defesa responsáveis pelos efeitos de preservação ou defesa do organismo fisiopsíquico e, também, a manutenção do equilíbrio mentoemocional.

Tudo isso se dá como em um circuito eletrônico realimentado, onde entrada e saída se interferem mutuamente em milésimos segundos, seja na improvisação de elementos combativos e imunológicos ou na impugnação aos processos patogênicos ou na manutenção do equilíbrio mentoemocional, com a intervenção ativa dos conteúdos ativos e passivos, ou seja, conscientes e inconscientes, da consciência profunda.

Deduzimos, sem dificuldade, que se é possível a hipnotização da mente humana, com vistas a certos fins, com mais propriedade operar-se-á a magnetização das entidades corpusculares, para efeitos determinados, no ajustamento das células. A partir do exposto, deduzimos sem dificuldade que: se é possível hipnotizar a mente humana visando certos fins, com mais propriedade ainda operar-se-á a magnetização das entidades corpusculares, alimentando-as com pensamentos edificantes e condizentes com as leis de Deus, para os efeitos de ajustarmos as células ao bom desempenho de suas funções na estrutura dos corpos sutis e físico.
MÉDIUM PASSISTA — Entendemos que a mediunidade curativa se reveste da mais alta importância, desde que alicerçada nos sentimentos mais puros da mais pura fraternidade. MÉDIUM PASSISTA — Entendemos que a mediunidade curativa se reveste da mais alta importância, desde que envolvida e alicerçada nos sentimentos mais puros da mais pura fraternidade. Pois, nossos sentimentos de amor e de respeitos aos que sofrem e à espiritualidade que vem em auxílio a eles deve ser a tônica de nossas ações. Além, é claro, do devido preparo através da oração, meditação, jejum e alimentação adequada ao trabalho a que nos propomos realizar.
É claro que não nos reportamos aos magnetizadores que desenvolvem as forças que lhes são peculiares, no trato da saúde humana. É claro que não nos reportamos aos magnetizadores que desenvolvem as forças que lhes são peculiares, no trato da saúde humana. Mas mesmo neste caso, entendemos que existe a participação de uma equipe espiritual no auxílio aos serviços que nos propomos a realizar, pois, entendemos que tem muito mais “coisas” espirituais do que físicas envolvidas nas doenças, portanto as ações de qualquer tratamento energético e natural do enfermo devem estar muito mais focadas nos aspectos morais, espirituais e no apoio dos Bons Espíritos do que nas possibilidades de uma pessoa.
Referimo-nos, sim, aos intérpretes da Espiritualidade Superior, consagrados à assistência providencial aos enfermos, para encorajar-lhes a ação. Quanto aos intérpretes da Espiritualidade Superior, consagrados à assistência providencial aos enfermos, com consciência da responsabilidade espiritual na ação que exerce, este capítulo visa encorajar-lhes a ação, explicar um pouco dos mecanismos envolvidos no processo, ajudando-os a aperfeiçoarem-se nos sagrados trabalhos que desenvolvem.
Decerto, o estudo da constituição humana lhes é naturalmente aconselhável, tanto quanto ao aluno de enfermagem, embora não seja médico, se recomenda a aquisição de conhecimentos do corpo em si. E do mesmo modo que esse aprendiz de rudimentos da Medicina precisa atentar para a assepsia do seu quadro de trabalho, o médium passista necessitará vigilância no seu campo de ação, porquanto de sua higiene espiritual resultará o reflexo benfazejo naqueles que se proponha socorrer. Eis porque se lhe pede a sustentação de hábitos nobres e atividades limpas, com a simplicidade e a humildade por alicerces no serviço de socorro aos doentes, de vez que semelhantes fatores funcionarão à maneira do tungstênio na lâmpada elétrica, suscetível de irradiar a força da usina, produzindo a luz necessária à expulsão da sombra. Decerto, o estudo da constituição humana lhes é naturalmente aconselhável, tanto quanto ao aluno de enfermagem, embora não seja médico, se recomenda a aquisição de conhecimentos do corpo em si.  Mas muito mais importante que conhecer os mecanismos de funcionamento do corpo físico, é buscar entender as intricadas reações da mente diante de fatos e situações da vivência diária e sua influência nos corpos sutis.

O estudo das Obras da Codificação Kardequiana é obrigatório, bem como a Série Nosso Lar, a Série Psicológica de Joanna de Ângelis, psicografia de Divaldo Pereira Franco;O Organon da Arte de Curar de Samuel Hahnemann, sugerimos o comentado por nós; Fisiologia da Alma, de Ramatís; Homeopatia: tratamento para o espírito e para o corpo, Alterações Mentais, Qualidade Total,ambos à Luz do Evangelho de Jesus, pois estes livros nos esclarecem da necessidade de compreendermos os possíveis porquês de cada situação deparada pelo médium em seu dia a dia.

E do mesmo modo que esse aprendiz de rudimentos da Medicina precisa atentar para a assepsia do seu quadro de trabalho, o médium passista necessitará vigilância no seu campo de ação, porquanto de sua higiene espiritual resultará o reflexo benfazejo naqueles que se proponha socorrer. Sendo que a higiene espiritual depende de um conjunto de fatores tais quais: alimentação condizente, meditação, educação do pensamento para melhor controlar seus sentimentos, suas emoções, sua mente e adquirir o hábito da oração.

Para que o médium possa desempenha com segurança suas funções lhe é pedido a sustentação de hábitos nobres e atividades limpas, mesmo que simples e sem os holofotes da notoriedade, mas exercida com responsabilidade, simplicidade e humildade como alicerces para o serviço de socorro aos doentes, de vez que semelhantes fatores funcionarão à maneira do tungstênio na lâmpada elétrica, suscetível de irradiar a força da usina, produzindo a luz necessária à expulsão da sombra. Assim, o médium que se predispõe à reforma íntima, impondo-se à disciplina descrita acima tende a colher resultados excelentes em seu trabalho de amor ao Cristo.

O investimento cultural ampliar-lhe-á os recursos psicológicos, facilitando-lhe a recepção das ordens e avisos dos instrutores que lhe propiciem amparo, e o asseio mental lhe consolidará a influência, purificando-a, além de dotar-lhe a presença com a indispensável autoridade moral, capaz de induzir o enfermo ao despertamento das próprias forças de reação. O investimento cultural ampliar-lhe-á os recursos psicológicos para a interação diária com os que convivem nos planos físico e espiritual, facilitando-lhe o diálogo verbal e mental, a recepção das ordens e avisos dos instrutores que lhe propiciem amparo, e o asseio mental lhe consolidará a predominância da influência espiritual superior, purificando-a e sublimando-a, além de dotar-lhe a presença com a indispensável autoridade moral ou poder magnético superior, capaz de induzir o enfermo ao despertamento das próprias forças de reação.

Importante notar que a preparação ideal do médium seria desde a infância, podando-lhe as tendências inferiores e dotando-o de recursos psicológicos para enfrentar, com segurança, os embates da vida e os que são inerentes às atividades do dia a dia da vida de um Terapeuta Holístico com o Cristo.

MECANISMO DO PASSE — Tendo mencionado o fenômeno hipnótico em diversas passagens de nossas anotações, a ele recorreremos, ainda uma vez, para definir o medianeiro do passe magnético por autêntico representante do magnetizador espiritual, à frente do enfermo. MECANISMO DO PASSE — Tendo mencionado o fenômeno hipnótico em diversas passagens de nossas anotações, a ele recorreremos mais uma vez para definir o medianeiro do Passe Magnético, pois esse é um autêntico representante da equipe de espíritos magnetizadores, à frente do enfermo e necessitado do apoio energético necessário ao seu refazimento celular, a partir da recomposição energética em pontos específicos dos corpos sutis. Pontos estes vistos pela espiritualidade superior que coordena os trabalhos de assistência espiritual nas obras caritativas.
Estabelecido o clima de confiança, qual acontece entre o doente e o médico preferido, cria-se a ligação sutil entre o necessitado e o socorrista e, por semelhante elo de forças, ainda imponderáveis no mundo, verte o auxílio da Esfera Superior, na medida dos créditos de um e outro. É de extrema importância que seja estabelecido um clima de confiança entre o enfermo e a equipe – física e espiritual – do tratamento, visando criar a ligação sutil entre o necessitado e os socorristas estabelecendo um elo de forças imponderáveis que verte o auxílio energético ou prânico da Esfera Superior. Isso de dá proporcionalmente à sintonia de um e de outro e da predisposição de ambos em identificarem suas mazelas e equívocos comportamentais no dia a dia, frente às Leis de Deus, pois inexiste cura sem mudança de comportamento e de atitude mental.
Ao toque da energia emanante do passe, com a supervisão dos benfeitores desencarnados, o próprio enfermo, na pauta da confiança e do merecimento de que dá testemunho, emite ondas mentais características, assimilando os recursos vitais que recebe, retendo-os na própria constituição fisiopsicossomática, através das várias funções do sangue. A energia emanante do Passe, sob a supervisão dos benfeitores espirituais, propicia ao enfermo, que se predispõe a melhorar com testemunhos verdadeiros emitindo ondas mentais características, assimila os recursos mentais de que recebe e os retém na própria constituição fisiopsíquica, ou seja, nos corpos sutis e físico. Isto se dá através das várias funções do sangue e dos canais de energia e da revitalização dos chakras.
O socorro, quase sempre hesitante a principio, corporifica-se à medida que o doente lhe confere atenção, porque, centralizando as próprias radiações sobre as províncias celulares de que se serve, lhes regula os movimentos e lhes corrige a atividade, mantendo-lhes as manifestações dentro de normas desejáveis, e, estabelecida a recomposição, volve a harmonia orgânica possível, assegurando à mente o necessário governo do veículo em que se amolda. No início do tratamento, o enfermo deve ser esclarecido dos efeitos do tratamento e das reações que por ventura podem acontecer. Como estas informações são diferentes das que ele está acostumado a ouvir, surgem as dúvidas e as incertezas, mas com as explicações necessárias e ao perceber o alívio que passa a sentir, ganha confiança, sente-se estimulado a prosseguir com o tratamento e com as reformulações de conceito de vida que vem fazendo, mudando de comportamento e buscando apoio psicológico na equipe de Terapeutas que tratam dele.

Se ele receber um treinamento básico para meditar e para canalizar energias saudáveis para as partes afetadas, o resultado do tratamento do Passe será bem mais eficiente. Além disso, é importante fazer exercícios físicos regulares, pois esses ativam a circulação das energias e o suor ajuda a eliminar as “substâncias” tóxicas, tanto físicas quanto psíquicas.

As radiações e irradiações mentais de amor e solidariedade, emitidas pela mente que se esforça por se adaptar a uma nova realidade conscienciológica, levam ao órgão enfermo um novo padrão vibratório ou restitui a sua energia para as normas desejáveis de saúde, restabelecendo as partes afetadas, volvendo o equilíbrio orgânico à possibilidade do enfermo em seu padrão conscienciológico vigente, pois a mente governa seu veículo físico de acordo com os parâmetros energéticos contidos na consciência.

***** O apoio do tratamento das Terapias Naturais e Energéticas como a Homeopatia e os Florais, com os remédios bem indicados, de acordo com a filosofia inerente a cada um deles, potencializa os resultados do Passe, ou por outra, o Passe, aplicado com conhecimento dos processos exonerativos que ocorrem durante o tratamento, potencializa os efeitos da Homeopatia e dos Florais.

Estas Terapias podem ajudar ao enfermo a mudar o nível de consciência, o que normalmente ocorre, ajudando na mudança de seu nível vibratório como um todo e do órgão.
No caso da Homeopatia, ela ajuda ao enfermo ou ao predisposto a eliminar as “substâncias” tóxicas presentes nos corpos sutis. Pois elas que o causavam o incômodo ou a doença.
As obsessões só ocorrem por que existe duas ou mais mentes com os mesmos padrões mentoemocionais de expressão de seus sentimentos, emoções e pensamentos e atos. Sendo esses ativos ou passivos, isto é, aqueles que se expressam no dia a dia e os que se tem vontade de expressar.

VONTADE DO PACIENTE — O processo de socorro pelo passe é tanto mais eficiente quanto mais intensa se faça a adesão daquele que lhe recolhe os benefícios, de vez que a vontade do paciente, erguida ao limite máximo de aceitação, determina sobre si mesmo mais elevados potenciais de cura. VONTADE DO PACIENTE — O processo de socorro pelo Passe é tanto mais eficiente quanto mais intensa se faça a adesão daquele que lhe recolhe os benefícios, de vez que a vontade do enfermo, erguida ao limite máximo de aceitação, determina sobre si mesmo os mais elevados potenciais de absorção energética para a cura.

Mas devemos entender que a fonte de irradiação do Passe é de extrema relevância para o efeito final, no entanto se temos uma fonte com alguma imperfeição moral, comparada aos padrões crísticos, portanto teremos esta sombra do emissor projetada sobre o receptor, embora ocorram muitas melhoras, quando o tratamento segue uma lógica de raciocínio e técnica apropriada ao tratamento que se propõe a fazer.

Nesse estado de ambientação, ao influxo dos passes recebidos, as oscilações mentais do enfermo se condensam, mecanicamente, na direção do trabalho restaurativo, passando a sugeri-lo às entidades celulares do veículo em que se expressam, e os milhões de corpúsculos do organismo fisiopsicossomático tendem a obedecer, instintivamente, às ordens recebidas, sintonizando-se com os propósitos do comando espiritual que os agrega. Neste estado de incessante troca de energia ocorre a ambientação do enfermo e de suas células a um novo padrão de vibração e passa a existir um padrão de sentimentos e, com isso, novo estado mentoemocional, modificando as atitudes da pessoa frente às adversidades, fazendo com que a alimentação das células e as novas células que se formam passam por um processo restaurativo na sua estrutura física, restituindo a saúde ao padrão possível, oferecido pelo ex-enfermo.

Tudo isso é possível por que os milhões de células que compõem o corpo físico tendem a seguir os comandos dos corpos sutis, de acordo com os impulsos conscienciológicos do ser espiritual e eterno que os agrega. Tudo isso ocorre como em uma grande empresa muito bem gerenciada. Mas aqui o gerente geral é a consciência do ser espiritual que gerencia todas as atividades dos corpos sutis e, esses, o do corpo físico.

PASSE E ORAÇÃO — O passe, como gênero de auxílio, invariavelmente aplicável sem qualquer contra-indicação, é sempre valioso no tratamento devido aos enfermos de toda classe, desde as criancinhas tenras aos pacientes em posição provecta na experiência física, reconhecendo-se, no entanto, ser menos rico de resultados imediatos nos doentes adultos que se mostrem jungidos à inconsciência temporária, por desajustes complicados do cérebro. PASSE E ORAÇÃO — O Passe é uma Terapia Energética e Natural (TEN) que deve ser usada como auxílio em qualquer tipo de doença, invariavelmente aplicável sem qualquer contraindicação, mas é importante que tenha como objetivo ajudar à doença a ser eliminada, pois como qualquer TEN, deve ser empregado para alívio dos corpos sutis, mesmo que o físico fique momentaneamente sobrecarregado. Desta forma, será sempre valioso no tratamento devido aos enfermos de toda classe, desde as criancinhas tenras aos pacientes em posição provecta na experiência física, mas o Passe será importante no fortalecimento psíquico de todos os enfermos, principalmente dos médiuns atormentados por espíritos vingativos, mas reconhecemos ser menos rico de resultados imediatos nos doentes adultos que se mostrem jungidos à inconsciência temporária, por desajustes complicados do cérebro.
       Esclareçamos, porém, que, em toda situação e em qualquer tempo, cabe ao médium passista buscar na prece o fio de ligação com os planos mais elevados da vida, porqüanto, através da oração, contará com a presença sutil dos instrutores que atendem aos misteres da Providência Divina, a lhe utilizarem os recursos para a extensão incessante do Eterno Bem. Porém, esclarecemos que: em toda situação e em qualquer tempo, cabe ao médium passista buscar na prece ou oração o fio de ligação com os planos mais elevados da vida, porquanto, através da prece ou oração, que também é uma de TEN de alta hierarquia, leva-lo-á a contar com a inestimável presença sutil dos instrutores que atendem aos misteres da Providência Divina, a lhe protegerem e utilizarem os recursos para a extensão incessante do Eterno Bem.
Bibliografia:
XAVIER, Francisco Cândido e VIEIRA, Waldo (Espírito André Luiz). Mecanismos da Mediunidade. Cap 22. Editora FEB. RJ. 14ª Edição. 1995.
Comentários de:

Gelson Garcia de Carvalho e
Claudia Sonia Casal Garcia.

.
Do Livro Mecanismo da Mediunidade – Editora FEB.
www.editorafeb.com.br
.

Mediunidade curativa

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

89 − 84 =